Notícias Relacionadas

Newsletter

Quinta, 07 de Março de 2013 - 22h49

Lançada na Expodireto maior semeadora brasileira de plantio direto para grãos finos

Quadra Venta, a semeadora lançada pela Kuhn do Brasil, tem capacidade para ultrapassar 100 hectares de área semeada por dia – equivalente a três semeadoras tradicionais

Universoagro

Quadra Venta é um implemento diferenciado, com projeto e execução realizados na fábrica em Passo Fundo, RS

Adair Sobczak, texto e fotos

Para quem visita a Expodireto Cotrijal, feira internacional que aconece de 4 a 8 de março em Não Me Toque, RS, impossível não perceber a inovação tecnológica das máquinas e implementos. Um equipamento com alta tecnologia é sinônimo de redução de custos, aumento de eficiência produtiva e melhoria no controle gerencial da atividade. Essas máquinas fantásticas são o maior atrativo da Expodireto, é o cada Quadra Venta, maior semeadora de plantio direto para grãos finos já produzida no país, lançada pela Kuhn do Brasil durante o evento.

Aguardada há anos pelo mercado, a Quadra Venta é um implemento diferenciado, com projeto e execução realizados na fábrica em Passo Fundo, RS, com a participação de engenheiros do Grupo Kuhn da Europa, onde a tecnologia já é utilizada há mais de 10 anos no sistema tradicional de plantio.

A semeadora possui largura de trabalho que chega a 10 metros. Porém, durante o transporte, esta largura cai para 4,8 metros em função do sistema de fechamento de chassis, o que facilita o transporte. “Na dimensão de 10 metros ela tem capacidade para 80 linhas, com 12,5 cm de distanciamento. É o único equipamento disponível no mercado para a semeadura do trigo neste espaçamento”, explica o francês Ludovic Tetard, que trabalhou por 10 anos na matriz da Kuhn, na França, e que, desde maio de 2011 atua com gerente de projeto da Kuhn no Brasil.

Com capacidade para ultrapassar 100 hectares de área semeada por dia – o equivalente a três semeadoras tradicionais –, a Quadra Venta atende a grandes produtores que necessitam de alto rendimento e precisão na semeadura do arroz, trigo, aveia, cevada, entre outras, uma vez que conta com um distribuidor eletro-hidráulico de sementes, garantindo a homogeneidade na densidade populacional na linha e no distanciamento entrelinhas.

Diferenciais

Fábio Souilljee, responsável pelo produto no Brasil, comenta que um dos diferenciais do equipamento é o reservatório de sementes, que, em vez de caixas acopladas a estrutura, ela possui uma carreta com reservatório de sementes (3.500 litros) na parte frontal do sistema de semeadura. “Com isso, a manutenção e regulagem da profundidade das linhas de plantio se tornam mais praticas, sem contar a capacidade de carga que, diminui consideravelmente as paradas para abastecimento”, garante o especialista, acrescentando que o reservatório possui sensores que avisam o nível de sementes. Tudo isso, graças à tecnologia pneumática.

Segundo Ludovic Tetard, o que mais chama a atenção na máquina é a forma como ela interage com o solo e o relevo.

Segundo Tetard, o que mais chama a atenção na máquina é a forma como ela interage com o solo e o relevo. “Falamos que ela copia perfeitamente o terreno, pois mesmo em declives acentuados ou taipas em lavouras de arroz, por exemplo, a Quadra Venta consegue plantar sem deixar a desuniformidade do terreno interferir no trabalho”, observa, comentando que outro fator é a uniformidade na profundidade de plantio, tendo em vista que o peso da semente não exerce preção sobre as linhas. “Outro ponto interessante, é que seu sistema estrutural possibilita a semeadura no limite máximo das laterais das lavouras, uma vez que os pneus – de alta flutuação, o que reduz a compactação – não estão nas extremidades”, diz.

O processo eletroeletrônico da Quadra Venta conta com a tecnologia Isobus, garantindo a comunicação com as principais marcas de tratores. A iluminação noturna, larguras de trabalho, processo de semeadura, doses de sementes por hectare e sensores de nível do tanque são controlados pelo monitor CCI-100 (touch screen) de dentro da cabine do trator.

Quanto ao sistema hidráulico, a semeadora requer um trator com tomada de potencia de 1.000 rpm, não necessitando de fluxo contínuo, pois tem uma bomba hidráulica independente. Já a indicação de potencia de trator, é de 5 cv por linha para trigo e 4 cv por linha para arroz.

A Quadra Venta é somente semeadora (não distribui fertilizantes) e pode ser configurada em até nove versões. De 45 linhas a 80 linhas, com largura de trabalho entre 7,5 metros a 10 metros e com espaçamento entre linhas de 12,5 cm, 15 cm ou 17 cm. “A vantagem é que esse equipamento pode servir para plantio de arroz adensado e culturas como o trigo, que não necessita de adensamento”, destaca Souilljee.

Link

Compartilhar