Notícias Relacionadas

Newsletter

Terça, 07 de Agosto de 2018 - 15h10

Agrifinance XP DATAGRO: Modelo de financiamento do agronegócio passa por mudanças

Captação de recursos no mercado de capitais tomará espaço do crédito rural oficial

DATAGRO

O modelo de financiamento do agronegócio, hoje ainda muito atrelado ao crédito rural oficial, passa por mudanças, disse o diretor da B3, Fábio Zenaro, durante o XP DATAGRO Agrifinance Brazil, nesta terça-feira (07), em São Paulo (SP). Segundo ele, a tendência de restrição orçamentária do Tesouro Nacional, bem como a queda dos juros da economia são alguns dos fatores que levarão a uma alteração estrutural no formato de financiamento do agronegócio. “O sistema de subsídios está com os dias contados.” 

De acordo com Zenaro, a busca por recursos no mercado de capitais começará a avançar cada vez mais como alternativa de financiamento. O diretor da B3 ressaltou que o mercado de capitais, por meio de instrumentos, como, por exemplo, CRAs, debêntures ou mesmo abertura de capital em bolsa, tem um custo de captação inferior aos recursos disponibilizados a taxas de juros livres no sistema bancário tradicional. 

Na avaliação do diretor da Aqua Capital, Bruno Santana, para buscar recursos no mercado de capitais e/ou atrair aportes de fundos de investimento, as empresas do agronegócio terão que cada vez mais investir em governança corporativa. No que diz respeito a fusões e aquisições, Santana disse que o agronegócio, especialmente o segmento de insumos agrícolas, vem passando por um forte período de novas operações.

Link

Compartilhar