Notícias Relacionadas

Newsletter

Quarta, 12 de Abril de 2017 - 11h25

Exclusivas uagro

Preço do suíno em queda, mas exportações crescem quase 40% em abril

Aurora anuncia redução de dez centavos e fixa preço em R$ 3,30 o quilo do suíno vivo a partir desta terça-feira

Exclusiva Redação Uagro

Aos poucos os suinocultores perdem a recuperação de preços alcançada no início do ano. A baixa demanda após a Operação Carne Fraca, tem derrubado o preço do quilo do suíno vivo desde a segunda quinzena de março.

Preço do suíno vivo recua após recuperação do início do ano

A Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (ACSURS) aponta queda de R$ 0,03 no quilo, fechando em R$ 3,98 nesta semana. A Aurora Alimentos também anunciou que vai baixar o preço para ao produtor a partir desta terça-feira (11), passando de R$ 3,40 para R$ 3,30 o quilo. O preço da carcaça também foi reduzido pela cooperativa e passa a custar R$ 4,45, sendo que o valor anterior era de R$ 4,59.

Mas as vendas de carne suína ao mercado externo na primeira semana de abril estão favoráveis para o setor. Segundo o relatório do Ministério da Industria, Comércio, Exterior e Serviços (MDic), o Brasil exportou 16,6 mil toneladas no período, o que significa alta de 39,5% em comparação a primeira semana de março e 25,7% mais que o mesmo período do ano passado. Em receita, o crescimento foi de 50% em comparação à primeira semana de abril de 2016, somando um pouco mais de US$ 45 milhões.

Link

Compartilhar