Notícias Relacionadas

Newsletter

Quinta, 10 de Agosto de 2017 - 14h20

Fedearroz orienta produtor a reduzir área de plantio

Setor enfrenta alta de custos e queda nos preços pagos ao produtor

DATAGRO

A Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) está orientando os produtores de arroz a reduzir a área de plantio da cultura.

A entidade alega que a recomendação se deve aos atuais problemas de seletividade de crédito e comercialização enfrentados pelos orizicultores e que deverão ocorrer novamente no próximo ano, especialmente pela alta de custos e redução de preços pagos ao produtor.

A estimativa da entidade é que para amenizar a situação dos arrozeiros em todo o Mercosul será necessário reduzir ao menos cerca de 250 mil hectares de cultivo. O presidente da Federarroz, Henrique Dornelles, afirma que a entidade está alertando aos produtores de arroz do Brasil e países vizinhos sobre os problemas a serem enfrentados pelo setor no próximo ano mediante apresentação de diagnóstico.

“A previsão é de preços não remuneradores no primeiro semestre de 2018 e um segundo semestre tão apertado como o que estamos vivenciando neste ano, em função de expectativa de aumento dos estoques de passagem do Mercosul e mercado internacional relativamente pouco valorizado”, diz.

Link

Compartilhar