Notícias Relacionadas

Newsletter

Terça, 16 de Maio de 2017 - 12h22

Exclusivas uagro

Café: produtores do Espírito Santo podem ter prazo para renegociar dívidas

Deputado envia requerimento do Ministério da Fazenda pedindo ajuda para os agricultores afetados pela estiagem

Exclusiva Redação Uagro

Depois de quase três anos de estiagem e perdas nas lavouras de café, produtores do Espírito Santo podem receber uma boa notícia. A proposta do deputado federal Evair de Melo, que estende o prazo para o pagamento de dívidas de cafeicultores atingidos pela seca, foi aprovada pela Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, em Brasília.

Estiagem tem causado perdas constantes na produção de café do ES

A proposta é que o produtor tenha até 30 de setembro para formalizar as renegociações de operações de crédito rural independente da fonte. A expectativa, agora, é que a solicitação seja colocada em pauta e aprovada na próxima reunião pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

O Espírito Santo é o principal estado produtor de café robusta (conilon) do país e já chegou a colher mais de 10 milhões de sacas do produto. Mas, no último ano, por conta da forte estiagem, a região colheu cerca de 4,5 milhões de sacas. Desde 2014, quando os problemas climáticos começaram, a produção de café no estado caiu cerca de 50%.

Link

Compartilhar