Notícias Relacionadas

Newsletter

Quarta, 23 de Maio de 2018 - 11h02

Embrapa destaca presença de híbridos da lagarta Helicoverpa nas lavouras do Brasil

Presença dessas espécies híbridas não causou impactos econômicos nos sistemas agrícolas

DATAGRO

A Embrapa constatou a presença de híbridos da lagarta Helicoverpa nas lavouras brasileiras desde 2012. Mesmo assim, a presença dessas espécies híbridas não causou impactos econômicos nos sistemas agrícolas brasileiros.

“Desta forma, é preciso prudência ao elaborar conclusões relacionadas aos híbridos. Não podemos minimizar o problema, ou seja, desconsiderar a ocorrência e os impactos potenciais e nem maximizá-lo, vislumbrando catástrofes nos agroecossistemas”, alertam os pesquisadores Daniel Sosa-Gómez, da Embrapa Soja, e Alexandre Specht, da Embrapa Cerrados.

Os primeiros surtos da lagarta Helicoverpa armigera ocorreram com maior frequência em algodão, soja e milho, nos anos 2012 e 2013. Entretanto, esta espécie já estava presente no País, pelo menos, desde 2008. Para Specht, a identificação da lagarta H. armigera foi inicialmente dificultada, devido à sua grande semelhança com a espécie nativa Helicoverpa zea, vulgarmente conhecida como lagarta-das-espigas, que ataca preferencialmente a cultura do milho. 

Link

Compartilhar